Giro Pelo Mundo: dicas imperdíveis para curtir Salvador

Salvador é uma cidade muito especial para o Continuidade. É a terra natal das nossas hosts Cris e Flora e é também de onde eu, Lali, venho. Por isso, esse giro pelo mundo está mais do que nostálgico! É com uma alegria enorme que apresentamos para vocês alguns dos nossos lugares preferidos da cidade. Simbora!

Porto da Barra

Praia do Porto da Barra / Imagem: Yuri Araujo por Pixabay

É uma das praias mais agradáveis da cidade, conhecida por um mar de água calma (como uma piscina) e quentinha. O Porto é tão bacana que dá pra chegar de manhã e passar o dia todo curtindo. O pôr do sol é um espetáculo à parte!

O Porto da Barra fica bem pertinho de um dos pontos turístico mais famosos de Salvador: o Farol da Barra. Dá pra ir andando pelo calçadão. É bem rapidinho!

Farol da Barra / Imagem: DEZALB por Pixabay

Largo de Santana – “Dinha”

O Rio Vermelho é considerado o bairro mais boêmio da cidade. Um dos pontos mais famosos é o Largo de Santana, também conhecido como “Dinha” em homenagem à baiana de acarajé que por anos montou ali o seu tabuleiro. Dinha, infelizmentente, já não está mais entre nós, mas suas filhas seguem mantendo o negócio e tradição da família. O Largo de Santana tem vários bares e é um ótimo lugar para sentar, beber uma cerveja e, é claro, saborear um dos acarajés mais famosos da Bahia.

Pelourinho

Pelourinho / Imagem: soel84 por Pixabay

O centro histórico de Salvador é considerado Patrimônio Imaterial da Humanidade e não é por acaso. O Pelourinho faz parte dele e carrega em si muita história. É um símbolo de Salvador, um lugar rico em vibração, cores, gente e cultura. Vale a pena passear pelas ruas e conhecer os artistas e artesão locais. Além do mais, o Pelourinho tem uma programação artística e musical bem agitada. Quando for a Salvador, procure saber!

Ah! E tem mais. É no Pelourinho que está a Igreja e o Convento de São Francisco. Marcada pelo estilo barroco, é uma coisa linda de ver.

Mercado Modelo

Mercado Modelo visto da Cidade Alta / Imagem: masteroblima por Pixabay

Outro cartão postal da cidade e que vale dar uma passadinha é o Mercado Modelo. É o paraíso do souvenir, então, vai com calma pra não deixar todo o seu dinheiro lá. Ele fica na Cidade Baixa e tem um montão de lojas de artesanato para você fazer a festa!

Sorvete na Cubana

Quando sair do Mercado Modelo, aproveite para subir o Elevador Lacerda e passar numa das sorveterias mais tradicionais da cidade: A Cubana. Ela fica bem na porta do elevador, já na Cidade Alta e, além de um sorvete delicioso, tem uma vista de tirar o fôlego!

Sorveteria Ribeira

Sorveteria da Ribeira / Imagem: Tripadvisor

Por falar em sorvete, pega essa dica que é muito boa! A Ribeira é um bairro que fica na Península de Itapagipe, na Cidade Baixa e é onde está outra sorveteria muito famosa da nossa cidade, fundada em 1931: a Sorteveria da Ribeira. São quase 100 opções de sabores, mas os de fruta dão um show à parte. Certeza que você não vai se arrepender de provar.

Dica de amiga: se você gosta de um doce bem doce, prove o Coco Espumante. É tipo um milkshake feito com sorvete de coco e muito, mas MUITO leite em pó. É maravilhoso!

Ilha de maré

A ilha fica na Bahia de Todos os Santos, mas pertence a Salvador. É um ótimo destino para curtir o dia nas suas praias lindíssimas.

A Bahia é linda e Salvador é uma cidade cheia de lugares incríveis. Porém, com certeza, o seu melhor cartão postal ainda é a sua gente. É clichê, mas é verdade: o soteropolitano é massa e a gente pode provar.

Sentiu falta de algum lugar incrível de Salvador nesse post? Conte pra a gente aqui nos comentários!

*Este texto é uma construção coletiva de Lali Souza, Cris Oliveira e Flora Regis Campe.

Fontes:


https://pt.wikipedia.org/wiki/Ilha_de_Mar%C3%A9

Imagem de destaque: ferreiracleber por Pixabay.

Giro Pelo Mundo: 6 Dicas do Que Fazer em Madri

Madri é uma cidade encantadora não somente pela arquitetura, mas principalmente pela sua gente. Quando cheguei aqui pela primeira vez, bateu logo aquele “click” que dizia: eu bem que poderia morar aqui. Os anos passaram e, quem diria, cá estou!

Nesse post, quero dividir com vocês alguns dos meus cantinhos preferidos da cidade. Muitos são clichês, mas o que seria da vida sem eles, não é mesmo? Sabemos que o momento não está muito propício a viagens, mas já guarda aí as dicas para quando essa fase difícil passar.

1. Passeio no Parque do Retiro

Parque do Retiro. Imagem: Daniel Salazar por Pixabay

Com certeza, o Parque do Retiro é um dos lugares mais lindos da cidade. Ele é enorme e cheio de atrações de tirar o fôlego. Além de um passeio super agradável, lá você também vai encontrar os Palácios de Cristal e de Velazquez. O lago central e seus jardins também são muito lindos e cercados de bares e restaurantes.

2. Pôr do sol no Templo de Debod

Templo de Debod. Imagem: Flickr / jiuguangw / CC BY-SA 2.0

É, com certeza, a minha vista preferida da cidade. O monumento em si não é nada demais, mas vale muito o passeio para apreciar o pôr do sol incrível. Uma boa dica é levar uma canga para sentar na grama e aproveitar o espetáculo.

3. Domingo na Feira do Rastro

El Rastro. Imagem: OLMO CALVO por elmundo.es

O Rastro é uma feita livre que acontece todos os domingos de manhã no bairro de La Latina. A feira se espalha por várias ruas e há uma variedade enorme de produtos: utensílios para casa, roupas, bijuterias, artigos em couro, prata, além de sebos de livros e artigos vintage. Mas é preciso ter atenção aos bolsos e bolsas, viu? O Rastro costuma ser muito cheio e é comum haver pequenos furtos, principalmente de aparelhos celulares.

4. Noite de Malasaña

Um dos bairros mais badalados de Madri, cheio de bares e discotecas. Não faltam boas opções de onde tomar um drink e provar as famosas tapas.

5. Compras na Gran Vía

Gran Vía. Imagem: donfalcone por Pixabay

A Gran Vía é uma avenida enorme e cheia de prédios com uma arquitetura lindíssima. Concentra um número enorme de lojas e é também onde estão os grandes teatros musicais de Madri. Mesmo que o seu objetivo não seja o de ir às compras, vale muito a pena dar uma volta pela Gran Vía.

6. Visita aos Museus do Prado e Reina Sofia

Um passeio pelos museus do Prado e Reina Sofia também é um programa imperdível para quem gosta de arte. No Museu do Prado você vai encontrar, por exemplo, obras de artistas renomados como Salvador Dalí. No Reina Sofia, um dos astros é o famoso quadro Guernica, de Pablo Picaso.  

Dica bônus: Escapada para Toledo

Imagem: Anne & Saturnino Miranda por Pixabay

Ué, mas Toledo nem é Madri! Verdade. Mas a cidade é tão  linda que vale a pena tirar um dia para ir lá. O centro histórico Toledo está elevado e a vista de seus miradouros é maravilhosa. A cidade está bem pertinho de Madri, a uma hora de ônibus.

E você? Conhece Madri? Qual o seu cantinho preferido da cidade?

*Por Lali Souza

Imagem de Destaque: Juan Miguel González por Pixabay.